Marcou sem sequer tocar a bola




Em um jogo entre Cipolletti e Juventud Argentina (2013), por Pablo Parra faz uma fingir fantástica de goleiro, apenas deixando a bola passar debaixo de seus pés. Após a passagem vertical, aceito pelo atacante Luis Alberto Carranza, não tem sequer a tocar na bola antes de atingir a rede. Tudo o que fiz foi para desorientar o guarda dando a impressão de que ele dispara.

Comentários

Por favor, Entrar comentar
avatar